Instituto Holístico Verdor  


Bioenergética & Projeciologia

Formando  Terapeutas  e  Cuidadores  Holísticos

 
Transferindo conhecimento holístico para a expansão das consciências para transformar a Humanidade e o Planeta Terra!


OS CHAKRAS

CHAKRAS, OS CENTROS DE ENERGIA DO CORPO HUMANO

Centros de Energia

Sinônimia: Chakras, Vórtices, Centros Vitais, Centros Energéticos, Canais energéticos, Centros de força, Discos energéticos, Cones energéticos, padmas, transdutores de energias, etc.

Origem: A palavra chakra vem do sânscrito e significa roda, disco, centro, plexo. Nesta forma eles são percebidos por videntes como vórtices (redemoinhos) de energia vital, espirais girando em alta velocidade, vibrando em pontos vitais de nosso corpo. Os chakras são pontos de intersecção entre vários planos e através deles nosso corpo etérico se manifesta mais intensamente no corpo físico.

São centros energéticos existentes no corpo etérico de um ser vivo, esses centros transportam e manipulam correntes eletromagnéticas ou etéricas (energia vital – Prana) que se manifestam por meio no plano etérico.

Chakras são centros de energia (captação, conversão e reflexão de energia) localizados em nosso corpo bioplasmático. Eles funcionam como uma espécie de usina que vai fornecer energia ao nosso corpo físico, mas também refletem essa mesma energia.

Natureza: Os chakras são de natureza etérica, mas existem os chakras astrais e os chakras do corpo mental.

A natureza ambiental no qual os chakras se manifestam, deve ser plenamente entendida, é preciso entender que o homem é um complexo de processos indispensáveis que atuam um sobre o outro. Nenhuma experiência física deixa de ser acompanhada por uma reação emocional, por uma interpretação mental.

Existem os chakras principais que são em número de sete, mas também existem outros menores. Cada um dos sete chakras principais funciona em relação com uma glândula de nosso corpo e com relação a determinadas funções.

Os chakras situados na parte mais inferior de nosso corpo são relativos ao nosso lado instintivo, os situados na parte superior são relativos ao nosso lado mental.

Chacras

Se partirmos do princípio que o microcosmo surgiu do macrocosmo, podemos deduzir que os dois são formados nos mesmos padrões, isto quer dizer que eles têm as mesmas energias, características, elementos, etc. Assim, o corpo humano na sua integridade (todos os revestimentos) tem os sete tattvas e recebe continuamente as energias do cosmo através de centros de conversão de energia. Os centros de processamento destas energias são chamados de chakras.

Nos tratados de yoga os chakras são descritos como os centros de energia psíquica sutil que esta sempre fluindo dentro do nosso organismo através de três nadis (canais) principais, que se chamam Ida, Pingala e Sushmna e se estendem, envolvendo a coluna vertebral. Os chakras que correspondem na maioria das vezes os plexos nervosos anatômicos, são formados pelo entrelaçado destes canais. Conforme o Shiv Svarodaya (ensinamentos de Shiva sobre as energias vitais) existem 72.000 nadis (canais). Destes, dez são mais importantes. No corpo sutil do ser humano, estes canais tem função de conduzir os dez tipos de energias vitais mais importantes. Estes centros e canais não são tridimensionais, por isso, não podem ser observados fisicamente no corpo mas, através de yoga e meditação é possível visualizar a forma, cor e as outras propriedades deles.

Nas pessoas em geral, os chakras aparecem como círculos ou vórtices com aproximadamente 5 cm. de diâmetro, de cores foscas, mas nas pessoas evoluídas espiritualmente, eles se tornam brilhantes e maiores e giram em forma de redemoinho.

Há que se ressaltar que existe alguma confusão em torno de dois chakras, pois algumas literaturas mencionam o segundo chacra como sendo o Sacral e outras mencionam o segundo chacra como sendo o Esplênico.

Considerando-se que os principais chakras são diretamente correlacionados fisicamente às glandulas espalhadas pelo corpo humano, então, podemos afirmar que o segundo chakra só pode ser o Sacral, visto que a sua correlação fisica se dá com os testículos, no homem e ovário, na mulher.

Acredito que essa confusão se deve ao fato que que embora o Chakra Esplênico seja realmente um chakra secundário e, portanto, não deveria constar como um dos sete chakras principais, na época em que surgiram as primeiras literaturas no ocidente, o tabú sobre o sexo era evidente, então, convecionou-se não abordar o Chakra Sacral para evitar distorções, mas abordarei ambos com detalhes, mais adiante.

A seguir uma visão geral de cada chakra e suas características principais.

Os chakras, ou centros de energia estão ligados um ao outro com um formidável sistemas de nadis – canais – assim, vinculam nosso corpo físico com outros corpos sutis. É por causa dos chakras e nadis que nossos cinco corpos funcionam suave e integralmente como um organismo e a consciência pode fluir através de todos os corpos, transitando de físico para emocional, emocional para espiritual ou mental etc., instantaneamente. Estes corpos não funcionam separadamente mas em conjunto na nossa consciência cotidiana.

Todos os seres humanos têm estes chakras e nadis presentes nos seus corpos e eles não precisam ser acordados porque não estão dormindo. Estão funcionando até a morte. O que pode acontecer é que um ou outro, ou todos os chakras estão funcionando com forças diferentes, consequentemente, o aspecto representado por este chakra fica com maior evidência na vida da pessoa em detrimento dos outros. Por ex.: na vida das pessoas materialistas o campo espiritual fica esquecido criando um desequilíbrio na personalidade.

O sistema energético no corpo deve ser observado com uma visão holística, por isso não existem limites rígidos de influência de cada chakra. Todos os comandos e controles de funcionamento dos diversos corpos, em geral, partem do cérebro onde situam os chakras coronário e terceiro olho, que predominam os outros. Uma deficiência relacionada aos órgãos sexuais, regidos pelo segundo chakra, não é causada necessariamente por ele mas pode estar enraizada no outro chakra superior. Assim a causa de uma úlcera no estômago, pode estar localizada no chakra da garganta se a pessoa não consegue ou não pode gerenciar seus problemas de comunicação.

Os atributos individuais de cada chakra devem servir como referência para um estudo holístico mais abrangente.

Autor: Julio Lótus

Assista ao Vídeo

 

Textos sobre Projeção Astral

Envie esta página para um amigo
Permitida a reprodução em qualquer meio, desde que citada a fonte e mantidos integralmente todos os créditos

 

RESPONSABILIDADE SOCIAL
 
 
     
O conteúdo deste Site é de propriedade de Julio Roberto Lopes Santos (Julio Lótus) ou dos autores dos respectivos artigos aqui divulgados. Reprodução livre, desde que citada a fonte e a autoria.
© 2008 - 2010 Instituto Holístico Verdor - Todos os Direitos Reservados